quinta-feira, 17 de março de 2016

Mais de um quinto dos portugueses sofre de perturbações mentais

De acordo com um estudo da Deco, mais de um quinto dos portugueses sofre de perturbações mentais, valor apenas ultrapassado, na Europa, pela Irlanda.

Um problema a que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) não consegue dar "uma resposta eficaz" devido a problemas ao nível da organização, do financiamento e da falta de recursos.

Atualmente, um psicólogo serve 18 mil utentes, quando as organizações de saúde recomendam um para cinco mil!

"É necessário que o Serviço Nacional de Saúde integre mais psicólogos nos seus quadros, em especial, nos cuidados de saúde primários", defende o estudo, advertindo que se não houver um investimento a este nível, corre-se "o risco de tratar de forma adequada apenas quem tem dinheiro".

"Atacar o problema em fases iniciais e trabalhar com pessoas saudáveis, para que aprendam a cuidar da mente e a gerir emoções, permite poupar mais tarde em saúde e baixas médicas"


O inquérito da Deco sobre o preço das consultas de psicologia revelou que o acesso a esta especialidade é "um luxo" para a maioria dos portugueses, que terão de pagar, em média, 55 euros por consulta no setor privado.

De acordo com estes dados, uma consulta por semana (frequência recomendada a muitos pacientes na fase inicial) pode representar um custo mensal médio de cerca de 240 euros"

"A inexistência de resposta pública e o preço, para muitos, proibitivo da alternativa privada" são duas das principais conclusões do inquérito publicado na revista Teste Saúde, da associação de defesa do consumidor.

O estudo aponta também a falta de resposta da maioria das seguradoras, sublinhando que mais de metade dos locais não possui acordos ou protocolos que permitam descontos no preço das consultas.

in DN

2 comentários :

  1. Verifico sempre 20 vezes se a porta está fechada. 10 em contagem ascendente e os outros 10 em contagem descendente... tenho problema xD

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...