terça-feira, 12 de janeiro de 2016

O abacate

Não é à toa que o plano alimentar prescrito pelo meu nutricionista inclui o consumo diário de abacate.

Eis um artigo da Prozis que evidencia os benefícios em incluir o abacate na nossa alimentação:

  • É rico em gorduras monoinsaturadas, principalmente o ómega 9, a mesma gordura presente no azeite. Permite por isso a diminuição do LDL colesterol (“mau colesterol) e triglicéridos e o aumento do HDL colesterol (“bom colesterol”) auxiliando na prevenção e no tratamento de doenças cardiovasculares;
  • Anti-inflamatório – devido ao teor de vitamina E;
  • Promover a saciedade e o bom funcionamento intestinal – elevado teor de fibras;
  • Regular a glicémia, diminui a insulina, diminui o apetite e aumenta a saciedade – fibras e gorduras;
  • Regulador hormonal nomeadamente da hormona de crescimento – promove um incremento da massa muscular e uma diminuição da massa gorda;
  • Regular os níveis de cortisol, hormona responsável pelo stress, devido à presença de beta sitosterol. Se os níveis de cortisol estiverem baixos vai haver uma maior propensão para o organismo queimar a gordura acumulada e por isso aumentar a massa muscular;
  • Diminuir os triglicéridos – menos acumulação de gordura principalmente na zona abdominal;
  • É rico em ácido fólico – ajuda na absorção das proteínas e auxilia na formação de novo tecido muscular;
  • Aumentar os níveis de testosterona, ou seja, mais massa muscular e inibir a conversão da testosterona em diidrotestosterona que é responsável pela calvice masculina, efeitos masculinizantes da mulher, ginecomastia no homem (aumento de mamilos em homens) e acne.
Por todos os benefícios descritos anteriormente deve ser incluído na dieta de qualquer pessoa ativa auxiliando a manter os níveis de energia e a reduzir a massa gorda e/ou aumentar a massa muscular.

Sem comentários :

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...