segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Abuso mental das marcas

O consumidor não é parvo e está farto do abuso mental das marcas, da publicidade encapuzada, da tentativa de lavagem cerebral, do impingimento. Está farto daqueles que aceitam participar com cinismo e colaboram nestas estratégias das marcas.

Actualmente os consumidores confiam mais na opinião isenta de outros consumidores em igualdade de circunstâncias, pessoas desconhecidas que já experimentaram e testaram os produtos e serviços para próprio consumo sem receberem nada em troca.

Um conselho para as marcas e parceiros das mesmas, não tentem enganar os consumidores! Preocupem-se sim em oferecer um produto/serviço que se diferencie pela sua qualidade, a um preço o mais reduzido possível. Se tal acontecer, esse produto/serviço acabará naturalmente por ser escolhido pelos consumidores, sem que haja necessidade das marcas aplicarem margens de lucro abusivas.

Sem comentários :

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...