quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Ela voltou a telefonar-me...

Passaram pouco mais de duas semanas. A minha ausência de resposta mexeu com ela ao ponto de não conseguir aguentar mais e voltar a ligar-me há uns minutos atrás.
Mais uma vez, ligou de número não identificado e uma vez mais apanhou-me de surpresa (para a próxima já não caio).
A ansiedade dela é evidente. O objetivo é que eu oiça o que ela tem para dizer e não o que eu possa pensar sobre o assunto, por isso, nem me dá tempo de interpelar. Diz tudo o que tem a dizer e depois desliga.

Sinceramente não sei bem o que fazer... Confesso-vos que começa a mexer comigo... Esta insistência dela... não sei não...
Se por um acaso estiveres a ler isto, não tenhas medo, podemos antes combinar um café e dizes-me tudo cara a cara. Não tenhas medo, eu não mordo. Gosto muito de ti, admiro muito a tua persistência mas não fazes o meu género... Desculpa-me Rita... :(

4 comentários :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...