quinta-feira, 5 de junho de 2014

Dicas e conselhos sobre alimentação diária. A minha dieta.

Várias pessoas, por diversas vezes, têm-me pedido conselhos e dicas acerca da alimentação e respectiva dieta.

Umas das coisas que faço sempre questão de salientar é que não sou formado em nutrição (apesar de ler muito sobre o tema) e a ajuda que eventualmente poderei dar será com base na minha experiência pessoal, ressalvando também que o que funciona com uma pessoa poderá não funcionar da mesma maneira com outra, pelo que o ideal será sempre consultar alguém com experiência reconhecida na área que possa efectuar uma avaliação da situação da pessoa em causa e fazer uma análise com base no perfil dessa mesma pessoa.

Posto isto, poderei agora então falar um bocadinho sobre alguns princípios e dicas que considero importantes e que no meu caso pessoal têm funcionado bem.

Um dos princípios mais importantes é procurar comer aproximadamente de duas em duas horas, para evitar grandes oscilações dos níveis de glucose e por forma a ter sempre o "combustível"/energia necessária à execução das nossas tarefas (não só físicas como intelectuais).
A ingestão incorrecta dos alimentos e os excessos cometidos em algumas refeições poderá converter-se em gordura que é depositada no tecido adiposo.

No meu caso pessoal, neste momento estou a seguir uma alimentação baixa em gorduras e moderada em hidratos de carbono (HCs). Ao longo do dia vou baixando a ingestão de HCs e actualmente reduzo-os ao máximo ao final do dia por forma a evitá-los à noite.
Por seu lado, após acordar, ao pequeno almoço como sem grandes preocupações fazendo muito uso da fruta, cereais, etc.
Ao almoço procuro acompanhar as proteínas (derivadas da carne ou do peixe) com uma quantidade moderada/reduzida de HCs e sempre acompanhados de legumes ou saladas (chamo a atenção para o facto de que se deverá ter em conta a profissão/actividade diária de cada pessoa quanto à necessidade de uma maior ou menor quantidade de HCs).
Os açucares simples (açúcar de mesa, bolos, guloseimas, refrigerantes) evito mesmo, só como muito raramente como por exemplo nas chamadas cheatmeals de que já falei aqui e que por norma se limitam a uma vez por semana.

Sobretudo, sou da opinião que o mais importante é fazer uma alimentação variada e equilibrada, que inclua todos os nutrientes tendo especial atenção nas quantidades de alguns deles (de que falei anteriormente).

Por último, gostaria de salientar a importância de aliar à alimentação saudável o exercício físico. A combinação das duas é o ideal para atingirmos os objectivos pretendidos!

Futuramente irei procurar desenvolver aqui no blog alguns destes assuntos relacionados com a nutrição e respectiva dieta. À medida que me for lembrando de certos temas ou lendo alguns artigos que considere úteis para quem procura seguir um estilo de vida saudável, tentarei também partilhar aqui convosco.

Sem comentários :

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...