quarta-feira, 25 de junho de 2014

A Padaria Portuguesa já está cheia de dinheiro

É o que é. E por isso não precisa de satisfazer mais clientes e aumentar a sua facturação. É essa a conclusão que chego após a situação com que me deparei.

Ontem ao final do dia ía a entrar na Padaria Portuguesa da Pascoal de Melo, quando sou barrado à entrada pelo empregado a dizer que já estavam fechados (apesar de haverem clientes quer dentro da loja, quer cá fora na esplanada). Passavam apenas cerca de 5 minutos das 20h.
Ainda tentei facilitar dizendo que era apenas para levar uns pães de Deus e não para consumir lá... mas nem assim consegui ver satisfeita a minha vontade. Ainda argumentou que já tinham fechado as caixas (pois... com os clientes ainda a consumiram dentro e fora da loja...)

Enfim, infelizmente há muitos casos destes espalhados por este país fora em várias empresas. Empregados com má vontade e pouco disponíveis para trabalhar mais, sem a competência necessária à função de vendas e pouco sentido de serviço ao cliente.
São estes empregados que muitas vezes acabam por passar um má imagem da empresa para a qual trabalham. E é por isso que muitas vezes determinadas empresas têm de fechar portas ou reestruturar o seu pessoal.

Depois ainda há muita gente que fica chocada e indignada quando se fala em reinventar...

26 comentários :

  1. E a verdade é que há muitas empresas que se estão a borrifar para os empregados, mesmo apra aqueles que são bons. Por isso, se os patrões não querem saber, porque hão-de os empregados fazer mais do que aquilo lhe compete ou trabalhar a mais, se não são recompensados?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente também há, é verdade. Mas neste caso não sabemos se é caso e de qualquer forma o cliente não tem culpa disso...

      Eliminar
    2. voces estao a misturar assuntos... uma coisa é ma educação e falta de vontade e há mutia em mt lado, certissimo, principalmente se pagarem o ordenado minimo com direito a horas extra, outra coisa é passar da hora e até perante a lei não devem atender gente (gente que entra dp da hora) após horário laboral....
      vá MS dp d t ter dado tt na cabeça pago-te um pão de deus... compro-o a horas decentes prometo :P

      Eliminar
    3. Pa quem ta de fora e fácil falar ... Mas se já passa da hora nao são obrigados a atender ... Pq as pessoas tem vida para alem do trabalho

      Eliminar
  2. Experimenta (se nunca o fizeste) trabalhar 8h (no mínimo) atrás de um balcão, aturar todo tipo de pessoas, desde as mais simpáticas às mais impossíveis (e quando digo impossíveis é mesmo imprestáveis mal educadas e insuportáveis) sempre com um sorriso na cara, provavelmente a receber o ordenado mínimo ou pouco mais, pensa em ambicionar a hora de ir para casa, porque já são 20h e se tiver filhos tem que ir a correr busca los a uma creche/avo/amiga seja o que for.

    Pensa que não se pode "mandar os clientes embora" porque estão dentro da loja e seria simplesmente errado (mesmo que os clientes estejam descansadinhos com um café vazio em cima da mesa a falar da ultima conquista simplesmente a lixar-se se queres ir para casa ou não. e Pensa naquele cliente que entra às 20:05 que só quer uns paezinhos coisa rápida o que valida abrir um precedente e que obrigaria a abrir sempre a porta a qualquer um mesmo que quisesse um forno inteiro de pão as 20:30. horas extra que provavelmente não são pagas!

    Se há empregados que não se interessam em que a casa cresça, (porque também os há) também há empregadores que exigem sempre mais como o “não se vão embora ate os clientes forem todos emboras e fique TUDO LIMPO”

    Pois é... mas sabes..também ha os clientes que não respeitam o trabalho dos outros e so querem ser servidos seja la como for e as custas de quem for.

    Mary

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os clientes estão a pagar por um serviço e desde que o façam com respeito e educação merecem, no mínimo, ser tratados de igual forma e receber um bom serviço de qualidade.
      Não faz sentido serem mal tratados por causa de outros clientes ou por causa dos empregadores. A pessoa que está atrás do balcão deverá ter perfil para a função e receber e tratar os clientes com simpatia e ser prestável. Se assim não for, estará a demonstrar incompetência para a função e a prestar um mau serviço ao cliente e à empresa.

      Há pessoas a atenderem clientes que parecem que estão a fazer um frete e sempre mal-encaradas. Essas pessoas estão a prestar um mau serviço e não retêm clientes.
      Por seu lado, há outras na mesma função que até dá gosto sermos atendidos por elas e são essas que fidelizam os clientes e fazem prosperar as empresas para as quais trabalham. Estou em crer que também são essas pessoas as mais felizes e as que mais cedo ou mais tarde acabam por ser recompensadas e progredir na carreira...

      Eliminar
    2. mas a sua questão inicial nem foi serem bem atendidos ou não, que concordo plenamente com o seu ponto de vista..(apesar de ser discutível todos temos problemas e muitas x o cliente que ate nem tem culpa mas a pessoa também não consegue fazer-se de hiper mega feliz)

      Mas a questão que pôs foi o querer ser atendido fora de horas pois ainda havia clientes na loja, é tão simples quanto isso...se esses clientes tivessem vergonha na cara retiravam-se quando viam a loja a fechar... trata-se de respeito! Se as horas do estabelecimento não chegam, cabe aos patrões aumentar o horário de funcionamento, criar turnos, seja o que for..não cabe aos empregados la ficarem fora de horas só porque sim!

      porque os empregados não tem autoridade obviamente para os mandar embora..mas também não tem a obrigação de ficarem horas extra (em 99% dos casos não são pagos para isso sequer) e ainda ficarem com um sorriso nos lábios contentes por servir... há que pensar um pouco na posição do outro lado!

      Ja me aconteceu a mim, no alto dos meus 18 aninhos..a trabalhar numa loja de roupa para ganhar um extra enquanto estudava a noite.. (atenção é uma loja de roupa não são bens de primeira necessidade) que por sua vez fechava as 19h, e estar eu a uma VESPERA DE NATAL as 20h!! de porta fechada com UMA cliente literalmente a passear na loja como se fosse a coisa mais normal do mundo com uma equipa de 5 pessoas mais a gerente a olhar para ela desesperadas para irem para casa terem com as suas famílias e a senhora ali com toda a calma e paz do mundo a visitar a lona (e nem comprou nada!!!)

      isso é respeito por quem trabalha?e nós tivemos que engolir e colocar um sorriso na cara..mas para mim essas pessoas nem merecem ser servidas!
      mary

      Eliminar
    3. Mary, eu não sabia que horas eram nem tão pouco que a Padaria Portuguesa fechasse tão cedo. Depois da situação em si é que vi que passavam 5 minutos da hora de fecho.
      Mas se a loja fecha às 20h, simplesmente deveriam fechar a porta às 20h. Se a porta estivesse fechada obviamente dava meia volta e vinha-me embora mas estava aberta e eu não sabia que já passava da hora de fecho. Continuo a achar que a atitude do empregado foi lamentável.

      Também me parece sensato que os clientes quando veem que chegou a hora de fecho de um estabelecimento, terminem e acabem por sair. Mas passava apenas 5 minutos após a hora de fecho e estou em crer que a maioria faz isso.

      Quanto à questão dos empregados não terem obrigatoriedade de ficarem com um sorriso nos lábios contentes por servir, não concordo consigo. Podem não ter obrigatoriedade mas têm no mínimo o dever como bons profissionais.

      Por último, em relação ao horário de funcionamento, parece-me minimamente lógico e sensato que um estabelecimento que feche a determinada hora tenha uma tolerância para que os clientes terminem e saiam da loja.
      Se chegada a hora de fecho corressem e expulsassem os clientes, isso é que não me pareceria sensato.
      Parece-me minimamente lógico que um estabelecimento que estabeleça uma hora de fecho às 20h não esteja à espera de encerrar tudo e terminar de trabalhar às 20h. Se o objectivo é chegar as 20h e já ter tudo terminado então estabeleceriam um horário de fecho tipo 19h para não correr com os clientes e terem tempo de fazer as tarefas de fecho.
      Pelo menos é assim que eu vejo as coisas....

      Eliminar
    4. Além de tudo o que foi escrito acima pela Mary (que assino por baixo, btw) vou ter ainda que explorar essa sua afirmação de " os clientes estão a pagar por um serviço". Afirmação essa que é típica e extremamente infeliz. Diria mesmo que é uma falta de respeito. Não sei se levam a máxima de "o cliente tem sempre razão" muito a peito, mas as situações com que me deparo ultimamente é de que os clientes pensam cada vez mais que os colaboradores de lojas e empresas de atendimento ao público trabalham para elas.
      Nem percebi qual o motivo da sua reclamação...Chega depois da hora de fecho, dizem-lhe que não pode levar mais nada pois já passou da hora e ainda vem reclamar? LOL

      Eliminar
    5. E não estão a pagar por um serviço? Acha que os preços praticados, neste caso pelas Pastelarias, são acessíveis a todos os portugueses na conjuntura actual?
      Considero que todas as pessoas que fazem atendimento ao publico deveriam ser minimamente simpáticas. Pelo menos eu sou quando abordo alguém mas claro que há sempre gente antipática...

      Não é reclamação, é apenas a constatação de uma atitude que prejudica a empresa em questão.

      Eliminar
    6. "Mas se a loja fecha às 20h, simplesmente deveriam fechar a porta às 20h. Se a porta estivesse fechada obviamente dava meia volta e vinha-me embora mas estava aberta e eu não sabia que já passava da hora de fecho. Continuo a achar que a atitude do empregado foi lamentável." - desculpa MS mas vou-te dar na cabeça por esta frase... entao a teu ver eram 20h eles expulsavam toda a gente e fechavam portas? isso sim era ma educação... abre a mente MS, poe-te no lugar deles, nao foram mal educados contigo simplesmente seguiram as regras de TODAS as lojas. a partir da hora de fecho SÒ atendem quem já tinha entrado.
      Vai trabalhar para uma loja e depois falamos.
      P.S. os empregados da padaria portuguesa até sao bastante simpaticos

      Eliminar
  3. chegaste fora de horas e a culpa é dos empregados? Passou-te pela cabeça que aquela gente também tem vida pessoal? Acho um abuso saberes que fecha ás 20 h e mesmo assim tentares ser atendido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, considero que respondi a isso no comentário acima.

      Eliminar
  4. Ms agora fi um bocado infeliz.

    Notasse a leguas que o senhor nunca precisou de trabalhar atras de um balcao , por vezes 9h por dia , atender todo o tipo de pessoas , as vezes sem o minino de educacao possivel , que te tratam por " tu " e "vai me buscar isto e aquilo" quando esta lá com o melhor sorisso possivel e a dar tudo para conseguir finalizar a venda.

    É tudo muito bonito na teoria , porque na pratica, o senhor so quer ir embora, arrumar tudo direito e limpo , e so quer ir para casa para estar com a sua familia. So gostaria que o senhor em vez de trabalhar atras de uma secretaria , ir ao ginasio quando quer e bem lhe apetece, ter fim de semanas livres , que estivesse um dia atras de um balcao com muito movimento . Aposto que mudaria a sua opiniao logo de seguida e veria que nao é uma profisssao facil e as vezes nao estamos todos com a mesma disposicao .

    Ja alguma vez olhou para o horario de funcionamento ? Nao, nem voce nem os restantes clientes , por voces nos , colaboradores nem teriamos tempo livre, estariamos sempre disponiveis,


    É so a opiniao de quem trabalha no atendimento ao publico e infelizemente temos que apanhar com comentarios destes.

    Cump.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. pois foi exactamente isso que eu estava tambem a dizer..sabe bem chegar depois da hora e ser atendido.mas ninguem pensa quem está do outro lado desejante de tambem poder ir descansar!
      mary

      Eliminar
    2. Não me viu aqui dizer que era uma profissão fácil, nem tão pouco considero que tivesse perfil para essa função mas se a tivesse que desempenhar tentaria dar o meu melhor e procurar atender bem os clientes.

      Claro que as pessoas que atendem ao público têm todo o direito a ter o seu tempo livre!

      Eliminar
  5. E só mais uma coisa ! Progredir a carreira? que Carreira? o senhor acha que toda a gente quer ser empregado de balcao toda a vida? Nao.
    As vezes é que se arranja , com o estado do pais é o que se arranja.

    Enfim,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De certeza que há empregados de balcão que progrediram na carreira.
      De certeza que há empregados de balcão que acabaram por mudar de profissão porque fizeram por isso. Agora de certeza que também há os que não conseguiram e que infelizmente têm de se sujeitar ao que existe, sobretudo face a situação que o país atravessa...

      Eliminar
  6. Se a hora de fecho é às 20 horas, entendo. No shopping as lojas também não podem deixar entrar depois do fecho. ;)

    ResponderEliminar
  7. O autor deste blog não sabe que existe um horário de loja que tem de ser cumprido, e que o não cumprimento do mesmo pode incorrer de uma coima ??? As pessoas podem estar dentro e fora da loja, porque estão a consumir o que pagaram antes da 20:00, não podendo pedir mais nada depois desta hora.

    ResponderEliminar
  8. MS já trabalhaste numa loja? sabes o que custa estares depois do teu horário a aturar os clientes que insistem em ficar ignorando que os empregados precisam ir embora? Ele fez muito bem em barrar-te a entrada. nao pode expulsar os que lá estao mas a partir das 20h pode sim recusar-se a atender gente. Já fiquei muitas vezes até 30min ou ate 1hora depois do fecho que há clientes que não têm noção de horário, ou não querem saber.
    Certamente ninguem lhe paga horas extras se os clientes só sairem às20h30.
    a atitude dele foi correcta. e nao digas que nao satisfazem os clientes porque satisfazem os clientes que já lá estavam , simplesmente nao atendem fora de horas, e nao te trataram mal, nao é má vontade nem incompetência.

    ResponderEliminar
  9. não podia disdordar mais. A desinformacão leva a isso, juizos de valor preconceituosos e errados. algo de triste de um personagem blogosférico que passou por semelhante.
    desde os princípios que a padaria portuguesa é uma das principais dadoras para a reffod. como envolve muitas, pessoas em regime voluntário, cumprir com horários é essencial. assim que por organizaçāo, mesmo com clientes, eles assumem o final do dia, recolhem todos os excedentes!!!! e repartem para refood e outras instituições que ajudem. sou testumunha na primeira pessoa por diversas vezes! e digo-lhe mais, uma vez, no saldanha, uma jovem rapariga timidamente entrou ao final do dia, com clientes, estava uma senhora que recolhe excedentes para um lar e a equipa de turno da refood (que num turno corre mais de 20 locais, muitos com fechos simultâneos) e com um sorriso nos lábios e a maior das simpatias, apesar do cansaço, os jovens trabalhadores deixaram que ela escolhesse um pão para ela!!!! A mesma, sai com uma emocionada lágrima nos olhos de agradecimento a todos!!! e pense, fechar asmportas implica também contas e limpar. os trabalhadores também têm o direito a vida própria! e mais garantias que estas que no dia seguinte não lhe impigem sobras do dia anterior a preço de ouro, tem em poucos locais xpto!!!

    ResponderEliminar
  10. MS, e se fossem SÓ 30 minutos depois das 20h, deveria ser atentido ou não?

    ResponderEliminar
  11. Quando escreves: "(apesar de haverem clientes quer dentro da loja, quer cá fora na esplanada)", deverias escrever: "(Apesar de haver clientes (...)". Aqui, o verbo haver é impessoal, logo, não se conjuga. ;)

    ResponderEliminar
  12. Não sei se já trabalhou em atendimento ao publico, mas pela sua apreciam dá a entender que não.
    Não faz a minima ideia da paciência necessária para estar com um sorriso de "orelha a orelha" depois do seu horário de trabalho cumprindo, fazendo horas extra provavelmente não pagas, simplesmente porque as pessoas ignoram o facto do local esta fechado e continuarem a fazer sala.
    Só que já esteve do outro lado consegue entender a situação.

    ResponderEliminar
  13. Olá, `
    Deparei-me com este post numa pesquisa que estava a fazer e vou investir algum tempo a acrescentar lenha para alguém se queimar.
    As portas de uma loja qualquer nunca devem estar todas fechadas com clientes no seu interior após o fecho, isto porque em questões de segurança podem precisar de sair de emergência (por exemplo incêndio).
    Digo isto porque trabalho em restauração e não atendo (porque não posso por lei) após o fecho da loja, e não fecho as portas todas por segurança.

    A única coisa que acho lamentável neste post é que antes de criticar/comentar e sobretudo "espalhar" uma opinião deve-se informar do porque das acções, compreendo que fiques "chateado", mas para a próxima vez vê o horário da loja e acima de tudo tenta compreender o porque de alguma coisa que não tenhas gostado, nem tudo é culpa da empresa, responsáveis ou dos empregados, existem acções que são tomadas para evitar problemas que só raramente acontecem, mas quando acontecem convém que estejam a ser cumpridas ou os resultados podem ser catastróficos.

    Luis

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...