quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Amar para sempre

"Quando se ama, naquele exacto segundo em que se ama, tem de se acreditar que é para sempre. Mais: tem de se ter a certeza de que é para sempre. Amar, mesmo que por segundos, mesmo que por instantes, é para sempre. E é isso, essa sensação de segundos ou de minutos ou de dias ou de horas ou de anos ou meses, que é para sempre. Ama. Ama por inteiro. Ama sem nada pelo meio. Ama, ama, ama, ama. Ama. Porque é só por aquilo que te faz perder a respiração que vale a pena respirar."

in "O Livro dos Loucos", de Pedro Chagas Freitas

Este excerto traduz aquilo que sempre disse; que pelo menos naquele momento em que amamos alguém, temos de ter a convicção que é para sempre (mesmo que depois não seja). 
Só se assim for é que vale a pena

30 comentários :

  1. concordo, já quando pensas que é para sempre pode nao dar certo quanto mais quando as dúvidas já vêm do inicio....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora nem mais! Estás de acordo comigo num tema sobre amor Nix??!!! (e eu a imaginar que irias criticar...)

      Eliminar
    2. estou sempre de acordo contigo quando o tema é amor... sabes disso.

      o problema sou eu, não é o amor em si

      Eliminar
    3. Sério?! Então retiro o que disse no outro dia. Afinal se calhar até podemos casar...

      Eliminar
    4. oh :( logo agora que estou comprometida... com a minha solteirice!

      Eliminar
  2. Nunca li nada sobre o amor que fizesse tanto sentido :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh nem imaginas como é bom ouvir isso! :) Só por isso já valeu a pena partilhar este excerto aqui no blogue :)

      Eliminar
  3. A quem se permite viver assim, por uma vez que seja, conhece a verdadeira felicidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pena que às vezes seja tão efémera... né?

      Eliminar
    2. uma felicidade eterna não existe para ninguém! Existem sim, momentos felizes, por isso há que aproveitá-los ao máximo! e o amor é o expoente máximo! Não conheço nada maior! (Nas suas várias vertentes)
      ." Ama, ama, ama, ama. Ama. Porque é só por aquilo que te faz perder a respiração que vale a pena respirar."

      Eliminar
    3. Que lindo! Ruanita, tás apaixonada! :D

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Que bom!! Gigi chamada à recepção! ;)

      Eliminar
    2. Posso, sem querer, atropelar alguém... com jeitinho, para não provocar mossa... estás a ver?

      Eliminar
    3. Tu é queres é depois tratar dele e dar-lhe muito mimo… ;) Podes.

      Eliminar
    4. Hein?! Não conheço esse indivíduo...!!

      Eliminar
  5. Adoro Pedro Chagas Freitas e concordo na íntegra nessa necessidade de um amor absoluto e eterno, nem que o mesmo dure apenas uns segundos.

    ResponderEliminar
  6. Para mim o amor, a felicidade, as melhores coisas da vida resumem-se a isto: "Porque é só por aquilo que te faz perder a respiração que vale a pena respirar."

    ResponderEliminar
  7. "Queres casar comigo todos os dias?" - In Sexus Veritas, Pedro Chagas Freitas

    Simples. Directa. Inteira.
    Li as 1500 páginas, mas é esta a frase que resume a obra do Pedro.
    O amor "para sempre" não existe. Existe o amor um dia de cada vez, todos os dias.

    ResponderEliminar
  8. Concordo! Não faz sentido amar a meio termo, no amar está implicito todos os sonhos, expectativas com a outra pessoa, por isso se é para amar que seja de corpo e alma:)

    ResponderEliminar
  9. "Porque é só por aquilo que te faz perder a respiração que vale a pena respirar."
    Gostar só porque sim, gostar a meio termo, gostar assim assim, não faz sentido...
    Se não te arrebata, te faz perder a respiração, como pode ser amor? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, o verdadeiro amor é arrebatador :)

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...