quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Separações

Na minha opinião, acho que há uma grande falta de tolerância nos dias de hoje. A maioria descura as relações, deixa-as cair na rotina (rotina acaba sempre por haver mas não se esforçam por combatê-la), não se esforça por tentar manter acesa a chama da paixão e depois desistem com relativa facilidade e vai cada um para seu lado. 
Por outro lado, acho que entram nas relações com muito pouca noção do que é ter/manter um relacionamento. Acham que é tudo cor-de-rosa (como parece no inicio) e depois há mínima contrariedade/dificuldade desistem... 
É claro que não sou apologista em se manter uma relação que não tem pernas para andar e muito menos na acomodação das pessoas. Longe disso. As pessoas devem lutar pela sua felicidade e bem estar! Mas há que pelo menos tentar e lutar por ela...

15 comentários :

  1. Subscrevo inteiramente o teu pequeno texto. Fica sabendo que cerca de 90% dos relacionamentos acabam por tudo isso que descreveste, por ninharias e porque querem/desejam facilitismo. Isto de lidar com outra personalidade distinta da nossa dá trabalho e as dr's (discutir relacionamento) são essenciais.
    Que não percas esse discernimento...

    Um beijinho grande*

    ResponderEliminar
  2. De certa fora contigo. Acho que o grande problema dos relacionamentos de hoje em dia, é que as pessoas entram neles à espera de encontrar no outro aquilo que sentem falta nelas mesmo. Ou seja, vão incompletas, com baixa auto-estima e sem amor próprio. Enquanto a paixão está no ar, funciona tudo muito bem. O problema surge quando se percebe que afinal o outro não tem aquilo que sentem falta e voltam a procurar fora, o que se podem encontram dentro. O que faz com que o próximo relacionamento seja novamente um desastre.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se for esse o caso, é quase certo que irá acabar por não resultar...
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Hoje em dia, são as chamadas relações tipo fast food!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ou então as chamadas relações descartáveis.

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Foi graças ao teu post que me inspirei! :)

      Eliminar
  5. A relação acaba quando acaba o respeito.....
    Antigamente, era uma desonra um divorcio...as mulheres eram dependentes dos maridos....havia traições de parte a parte....e viviam assim...pela sociedade.
    felizmente, as coisas mudaram....
    Se há intolerância??? há.... mas mais vale acabar que viver numa mentira uma vida inteira.
    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, nesses casos mais vale terminar!
      Beijinhos

      Eliminar
  6. Acho que hoje em dia é mais fácil acabar relacionamentos onde não se esta bem e seguir em frente. Mas, concordo com o que dizes, ao primeiro problema as pessoas separam-se, durante as relações investem pouco, é tudo muito efémero.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, há pouca disponibilidade e esforço.

      Eliminar
  7. Concordo plenamente MS, hoje em dia é tudo muito fácil e simples. Simplesmente não se luta para construír algo de bom e sólido. Abandona-se uma relação com a mesma facilidade com que se inicia, e muitas vezes sem ter a concreta noção do que isso implica. Espero que ainda existam pessoas diferentes.
    Beijos

    ResponderEliminar
  8. É uma tendência... mas a acomodação acaba por acontecer mais tarde ou mais cedo... nada dura para sempre.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...