quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Não precisa mudar

Continua a ser como és
Quando se gosta de verdade
gosta-se tal como a pessoa é
Aprende-se amar 
não apenas as qualidades
mas também os defeitos
Não apenas o lado bom
mas também o lado lunar
Os valores, os princípios, o carácter, a maneira de ser
mas também os pequenos pormenores do dia-a-dia
O sorriso, a boa disposição, o humor, o riso
mas também as birras, os momentos de maior tristeza, 
introspecção, melancolia
Gosta-se de forma racional ou irracional
consciente ou incoscientemente
Gosta-se pronto!
O importante é sermos nós próprios
e gostar do jeito que é


10 comentários :

  1. Temos de gostar de nós próprios antes de os outros gostarem de nós :)

    ResponderEliminar
  2. É uma verdade bonita e eu defendo que não devemos mudar o que é fundamental da nossa personalidade por ninguém. Que podemos fazer pequenas mudanças, mas coisas que não nos incomodem nem mexam com a nossa personalidade.
    Agora dizer que quem ama, ama tudo... Devia ser assim, mas há sempre pequenas coisas nos outros que nos incomodam e que na fase de encantamento não vemos, não ligamos. Quando as relações não estão bem, estas pequenas coisas tornam-se em grandes e muitas vezes são a causa do fim de uma relação. Acho que temos de estar bem conscientes dos defeitos dos outros e perceber se conseguimos ou não viver com eles. Cada vez mais acredito que esse é o segredo para o sucesso de uma relação.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não se ama os defeitos. Ama-se a pessoa ao aprendermos a viver com eles.
      Para evitar que essas pequenas coisas se tornem grandes é importante falar sobre elas nos momentos próprios. A comunicação é uma das bases essenciais para o sucesso de uma relação!
      E tens toda a razão, temos de estar conscientes dos defeitos para saber se conseguimos viver com eles e se a relação tem futuro. Acho que quando há amor verdadeiro, é isso que acaba por acontecer...

      Eliminar
    2. Sabes, eu sou assustadoramente racional e mesmo muito apaixonada, o meu lado racional está sempre lá. É uma coisa chata, eu sei. Mas, eu acredito no amor, acredito que se duas pessoas gostarem mesmo uma da outra tudo se ultrapassa, mas não acho que acabemos por gostar dos pequenos defeitos do outro, acho é que aprendemos a viver com eles. Como diz uma amiga minha, temos de saber bem que guerras vale a pena comprar e quais não vale ;)

      Eliminar
    3. Sabes, eu sou assustadoramente racional e mesmo muito apaixonada, o meu lado racional está sempre lá. É uma coisa chata, eu sei. Mas, eu acredito no amor, acredito que se duas pessoas gostarem mesmo uma da outra tudo se ultrapassa, mas não acho que acabemos por gostar dos pequenos defeitos do outro, acho é que aprendemos a viver com eles. Como diz uma amiga minha, temos de saber bem que guerras vale a pena comprar e quais não vale ;)

      Eliminar
  3. O importante é sermos nós próprios, gostarmos de nós mesmos para poderem também gostarem de nós... :)

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...