segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Tourada e canibalismo

Um dos últimos posts que coloquei na página do Facebook acabou por provocar diversas reacções e comentários díspares. Isto porque se trata de um tema que não é consensual e que gera sempre polémica entre dois grupos opostos. Por um lado, os apaixonados pelo "espectáculo" da tourada e por outro os defensores dos animais (no qual me incluo). Podemos começar logo por aquilo a que os aficionados das touradas chamam de "espectáculo". A mim custa-me a aceitar que seja considerado espectáculo uma barbárie que consiste em espetar ferros no lombo de um animal ensanguentado infligindo-lhe sofrimento. Ainda se tivessem perguntado ao bicho "olha toiro lindo, queres vir ali para dentro da arena brincar e entreter o pessoal?". Nesse caso, até acredito que o bicho aceitasse o duelo com o gajo que o provocasse mas depois quando este lhe dissesse "só há uma pequena condição, é que eu vou em cima de um cavalo munido de uns ferros para te espetar no lombo porque doutra forma não teria coragem de te provocar e meter-me contigo  (sou cobarde mas não sou estúpido. Quer dizer sou um bocado porque as coisas podem correr mal e mesmo armado com ferros posso levar um cornada tua)" como o bicho provavelmente é mais inteligente comparativamente a quem o provoca certamente diria que não, que nessas condições não queria e que ele fosse provocar a senhora sua mãe.
Estava eu a pensar (sim porque eu também penso embora muitas vezes não pareça) sobre qual seria o porquê desta adoração dos aficionados da tourada por aquilo a que chamam de "espectáculo" e que consiste em espetar um animal com cornos quando... Espera! Eureka! Está aí o motivo! Cornos! Só podem ser os cornos que trazem más recordações a este pessoal que tenta descarregar as suas frustrações nos pobres dos bichos só por estes também terem um par de cornos...
Resta-me dizer que existe uma excepção na tourada que eu apreciava ver, que eram os forcados, os únicos aos quais reconheço alguma machesa e que enfrentam o bicho sem recurso a armas...(haverá certamente aqueles que dirão que os forcados também são estúpidos pelo simples facto de enfrentarem um touro, outros por seu lado que admiram a sua coragem e a forma destemida como enfrentam o animal... De qualquer forma, são os únicos que ao menos não utilizam ferros para os espetar).
Ah... quase me esquecia de falar dos pobres dos cavalos que também são usados neste "espectáculo" e que quando as coisas correm para o torto normalmente são estes que acabam por sofrer a ira do touro... 
Por último e a titulo de exemplo em como abomino as touradas, posso dizer que perdi toda a consideração pelo ex-presidente Jorge Sampaio quando este tomou a decisão de abrir um regime de excepção para a existência de toiros de morte em Barrancos. A partir daí quase não suporto ver o homem à frente. E pronto, é esta a opinião que tenho sobre as touradas. Vale o que vale...


8 comentários :

  1. Partilho inteiramente da tua opinião. Por ais que alguns amigos me digam que foram criados a ver tourada e por isso gostam. Invariavelmente respondo, que deviam abrir os horizontes e pensar que nem tudo o que nos ensinam em pequeninos é necessariamente o melhor.
    Não concebo, que uma pessoa a fazer um animal sofrer seja um espetáculo bonito. Porque não voltamos ás arenas com os leões? Porque conseguimos evoluir e perceber que aquilo não é bonito. Não entendo. Eu adoro animais e custa-me muito ver os maus tratos que sofrem todos os dias.

    ResponderEliminar
  2. Eu poderia concordar em tudo, mas não o faço precisamente por causa dos forcados. Tudo bem, não magoam o animal, não vão espeta-lo... Mas também só para lá vão, porque já antes o touro foi picado até à exacustão. Se assim não fosse, queria ver os valentões.

    ResponderEliminar
  3. Sou completamente contra. Só alguém muito sádico pode gostar daquilo.

    ResponderEliminar
  4. "Espera! Eureka! Está aí o motivo! Cornos! Só podem ser os cornos que trazem más recordações a este pessoal que tenta descarregar as suas frustrações nos pobres dos bichos só por estes também terem um par de cornos..."

    Adoro esta comparação. Ah espera, afinal só a acho estúpida. Então e quem tem pares de cornos (que ninguém tem, a não ser os animais) e não gosta de tourada? Descarregam as frustrações a bater nas mulheres ou nos filhos?
    E a tourada não é o descarregar de frustrações nenhumas.

    Gosto de tourada, gosto do espetáculo (porque se futebol é um espetáculo, tourada também o pode ser), gosto do ambiente. Confesso que a tourada à portuguesa (com cavalos) não me fascina por aí além, mas a tourada a pé (a típica, a original) adoro-a. Vou a Espanha de propósito para ver uma boa tourada (em Espanha o touro morre na arena) e ver uma praça com 15mil pessoas em silêncio, enquanto um homem, a pé, munido de um capote, enfrenta um animal de 600kgs e da sua altura, é algo que nos faz vibrar.

    Não considero em nada a tourada como uma ato de barbárie, mas sei que, talvez, mais cedo ou mais tarde, lá conseguirão acabar com elas. Espero que não seja enquanto eu for vivo. E isto não faz de mim uma pessoa que não goste de animais. Em toda a minha vida, sempre os tive, sempre os tratei bem, sempre os ajudei e já fiz doações para instituições que os apoiam. Só não percebo é porque em vez de terem cães e gatos em casa, não têm um touro, para cuidar dele e lhe fazerem festinhas.

    E por falar em doações, lembro-me que há uns tempos estava uma instituição de animais (União Zoófila) a pedir ração porque não tinham verba para comprar e rejeitaram (sim, rejeitaram) uma doação de 500kgs de ração, oferecida pela Federação Portuguesa de Entidades Taurinas. Agora pergunto eu, quem é que tem menos coração? Quem apoia as touradas ou quem rejeita comida para os animais porque é oferecida por quem gosta de tourada?
    http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/sociedade/uniao-zoofila-recusa-500-quilos-de-racao-doados-por-amantes-das-touradas

    Haveria muito mais para dizer, muito mais para discutir, mas sei que estas conversas acabam sempre da mesma forma, sem a mudança de opinião das partes envolvidas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mustache, como disse no post este é um tema que gera muita polémica precisamente pelas opiniões e posições extremadas.
      Sim, tens razão a comparação foi estúpida mas talvez por este ser um tema com o qual eu não consigo colocar-me do lado dos defensores da tourada pois faz-me muita confusão ver um animal a sofrer daquela forma só para o "espectáculo" de certas pessoas.
      Não sei os pormenores da doação e confesso que não li a noticia, só sei que infelizmente há por aí muito hipocrisia, muita lata e muita provocação...
      E concordo com o teu último parágrafo. Também acho que a discussão não irá levar à mudança de opinião das partes envolvidas.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...