domingo, 10 de março de 2013

Quando duas pessoas decidem casar


Para mim é este o espirito, o sentimento que deve existir entre duas pessoas quando decidem casar.
Só assim se justifica.

No entanto, acho que grande parte dos casamentos são por engano.
Quero com isto dizer, que acontecem pelos motivos errados. Muitas das vezes, acho que o casamento é encarado de forma "leviana". Aquilo que leva duas pessoas a casarem, nem sempre é suficientemente forte para sustentar uma união com futuro e com bases sólidas para resistir aos momentos mais difíceis que mais cedo ou mais tarde qualquer casal acaba por atravessar em determinadas fases.
Muitas da vezes os motivos que levam as pessoas a casarem é tão somente pelo facto de que com o passar da idade têm medo de ficar sozinhas ou porque acham que já não vão encontrar a pessoa que verdadeiramente gostariam de ter ao seu lado ou ainda porque idealizaram aquele momento desde muito novas e encaram como sendo um objectivo de vida.
Para mim, estes não são motivos válidos (é claro que para muitas pessoas serão tão válidos como os meus e eu respeito isso, estou a apenas a dar a minha opinião e a dizer a forma como eu encaro o casamento).
Confesso que não dou a importância que muitos dão ao casamento (sobretudo as mulheres). Eu não encaro o casamento como uma condição essencial para duas pessoas que se amam serem felizes ou como prova de amor. Acho que duas pessoas podem ser muito felizes sem nunca se casarem. Mas respeito e entendo que para muitas mulheres seja um momento importante da vida delas. 

Para mim só faz sentido duas pessoas casarem quando estão apaixonadas e se amam de verdade e  tem a convicção de que é com aquela pessoa que querem passar o resto das suas vidas.

22 comentários :

  1. Confirmas que tenho uma visão masculina sobre a questão. Concordo inteiramente contigo.

    ResponderEliminar
  2. Não se trata de uma visão masculina pois não quer dizer que todos os homens pensem com eu... E certamente muitas mulheres também pensarão desta forma.
    Mas ainda bem que pensas assim! :)

    ResponderEliminar
  3. Confesso que quando era pequenina,era algo com que sonhava:Casar!
    Era o meu lado mais inocente e romântico.
    Hoje em dia,ainda me considero um romântica incurável,mas com uma visão mais realista acerca do assunto.Não digo que não gostava de me casar,nem é bem isso.Acho que é mais a ideia fantasiada em torno disso...o dia,a festa,o vestido,o príncipe...mas que depois na realidade,pouco altera.
    Acho que duas pessoas que se Amam,não precisam de se casar para serem felizes.Não é uma condição é um sentimento!

    Beijos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É legitimo que continues a ter esse sonho e podes vir ainda a concretizá-lo.
      Quanto ao resto, estou perfeitamente de acordo contigo!
      Beijos :)

      Eliminar
  4. O casamento é muito banalizado... as pessoas casam-se por casar e divorciam-se passado pouco tempo e dos que não se divorciam continuam casados mas cada um a sua vida muitas vezes, porque se casaram porque "impusição da sociedade". Eu nunca tive esse sonho do casamento, hoje ponho essa ideia praticamente de lado. Costumo dizer que só me caso se encontrar alguém tão ou mais doido que eu pelo Benfas para que nos possamos casar na Luz, caso contrário junto-me só. :)

    ResponderEliminar
  5. Eu não consigo sequer imaginar tal coisa. Para mim, casar só é válido quando implica juntar a minha vida - no papel - à vida do homem que amo. E para sempre.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que não consegues imaginar S* É bom sinal! :)

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Isso então, nem se fala... É muito triste :P

      Eliminar
  7. Pois aqui a menina se recebesse um pedido como o da foto, acho que não resistiria. :))
    Caso contrário... não há casamento!
    Sinceramente, acho o casamento desnecessário, porque ou se ama e se respeita, ou então não há relação, não vejo onde o casamento vai modificar isso.

    Kiss, kiss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só aceitas assim, não fazes a coisa por menos! ahah ;)
      Tens razão, o casamento não vai modificar nada disso!

      Eliminar
    2. Sabes que sou uma pessoa exigente...
      :)))

      Eliminar
  8. Tema interessante.
    Nunca sonhei casar, nunca acreditei muito no casamento. Sempre disse que não me queria casar nunca.
    Mas, um dia percebi que afinal gostava muito de me casar, mas com a pessoa com quem eu sabia que queria passar o resto dos meus dias. Com a pessoa com quem eu já tinha percebido que conseguia viver, com todos os defeitos e todas as virtudes. E, nesse dia percebi que queria um pedido assim como o da foto e que queria assinar o papel. Esse papel seria o meu compromisso com aquela pessoa, o compromisso do meu amor para sempre.
    Infelizmente a vida levou-me essa pessoa.
    Talvez um dia volte a encontrar alguém que desperte este sentimento ou talvez só aconteça noutra vida.
    Casar, tem de ser um compromisso de amor entre duas pessoa, tem de ser o assumirem uma perante a outra que vão ultrapassar os problemas, que vão estar sempre ali um para o outro e que vão fazer tudo para serem felizes juntos. Qualquer outro motivo não é válido.
    Acho que hoje se banalizou muito o casamento, toda a gente quer fazer uma grande festa e passado pouco tempo estão separados. Custa-me dizer isto, mas os sentimentos estão muito banalizados.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lamento o que aconteceu Joana... :(
      Espero que voltes a encontrar alguém que desperte esse sentimento em ti.
      Estou inteiramente de acordo com o que dizes! Subscrevo as tuas palavras! :)
      Beijinho

      Eliminar
  9. Tb acho. Com muita pena minha duvido que me case alguma vez. Estou a viver em união de facto portanto já não penso nisso. É um acomodar de vivências que acaba por passar a ideia do casamento (papel assinado) para o lado. O importante que é o amor que sentimos, esse vivemos todos os dias. Não sei se o facto de estarmos casados iria mudar isso! Mas, no entanto, gostava mt de casar porque tenho o sonho de me vestir de noiva.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como dizes, o importante mesmo é o amor que sentem! :)
      Quanto ao casar e vestir de noiva, se é esse o teu sonho não desistas então! ;)
      Beijinho

      Eliminar
  10. Eu vou ser mto sincera, eu sempre quis casar e sempre queria ter casado com um vestido de noiva,dos ditos "normais"(branco e bem comprido) e ter um casamento na igreja... Acabei por gostar de uma pessoa que já era divorciada e não pude realizar o meu sonho, casei de vermelho, até gostei que fosse vermelho, e casei no civil numa quinta, embora hoje eu fizesse tudo bem diferente, e confesso que apesar de gostar dessa pessoa, eu acabei por casar para sair de casa dos meus pais... e casei mto nova, tinha 24 anos, hoje tenho 33 e acho que ainda ia mto a tempo!!!Ai quem me dera que o tempo voltasse atrás... Acho mesmo que para se casar tem de haver aquele amor, tem de se ter a certeza que é com aquela pessoa que se quer ficar para o resto da vida, que o nosso coração bate tão forte e que sentimos um amor arrebatador, um amor que nos devora a alma, que nos consome... Claro que hoje em dia mtos casais já nem pensam em casar mas sim juntarem-se, acho que a única diferença é a de um papel e o ir á igreja... O meu caso é que eu sempre gostei da cerimónia em si, de todo aquele aparato, e convenhamos que a cerimónia religiosa é bem diferente da do civil, quer seja numa quinta ou não. No entanto o mais importante é as pessoas amarem-se, e não, não é preciso casar para se amar alguém, mas que é uma cerimónia linda isso é...
    Apostem primeiro na felicidade, no entendimento, na comunhão entre os dois e depois o resto logo se vê!!! Eu e a minha mania de sonhar com um casamento lindo...lá está, nós as mulheres somos umas românticas e umas sonhadoras!! Já dizia o poeta: " O sonho comanda a vida"!
    Bjinho MS da Tânia.

    ResponderEliminar
  11. E é perfeitamente legítimo que penses assim e sonhes com essa cerimónia, Tânia.
    Agora como muito bem dizes, o que é realmente importante é as pessoas apostarem primeiro na felicidade, no entendimento, na comunhão. Isso sim é o principal!
    Beijinhos e obrigado pelo teu testemunho! :)

    ResponderEliminar
  12. Hoje em dia já ninguém se casa. Acasalam, sim. Muitas vezes. Vezes demais, até.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A cerimónia em si é apenas uma tradição, nada mais...

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...