quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Love Me

Quantas pessoas não confundem a necessidade de serem amadas com o amor em si?
Muitas, direi. Contudo, uma coisa não tem nada a ver com a outra.
A necessidade que muitas pessoas revelam de se sentirem amadas, nada tem a ver, na minha opinião, com o amor mas muito provavelmente com carência de afectos.
O amor surge de forma espontânea sem hora marcada, nem lugar. Surge quando menos estamos à espera e resulta de uma série de coisas, muitas delas pouco palpáveis,  que nos atraem na outra pessoa com a qual nos passamos a identificar. Mas nunca como resultado de um pedido nosso, de um desejo, de um "querer muito".
O amor não se pede, simplesmente acontece.


3 comentários :

  1. O amor pode até ser desejado, mas apenas surgirá na altura certa, com a pessoa certa! ;)

    ResponderEliminar
  2. True that. Concordo plenamente. Mas quando começo a dissertar sobre isso perto de casais que se juntaram por não terem mais ninguém a quem recorrer, eles dizem-me que eu não sei o que é um relacionamento nem amor de verdade, e logo, que nunca amei, que apenas tenho obsessões. Ninguém gosta de ser rotulado como carente, se calhar.

    ResponderEliminar
  3. O amor é assim... entra sem ser convidado e sai sem pedir licença :)

    Encontra-se onde menos se espera... :)

    http://www.adorocinema.com/filmes/filme-129164/trailer-18918682/

    Bjinho

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...