segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Livros. Próximas leituras

Sinto falta de retomar as minhas leituras e ando há que tempos a dizer que vou fazê-lo mas a verdade é que nos últimos meses o tempo livre que passo em casa tenho-o dedicado quase exclusivamente às séries. No entanto, sinto falta de uma boa leitura, daquelas que nos prendem do início ao fim e que nos fazem ansiar por ter novo tempo livre para as retomar. Talvez o problema também resida aí, é que os últimos livros que comecei a ler não me entusiasmaram por aí além e deixei-os a meio à espera de uma súbita vontade de os retomar, que teima em não surgir.

As próximas leituras deverão passar por um dos dois livros que tenho em casa e que já tive para iniciar a leitura:
"Barroco Tropical" do José Eduardo Agualusa
"Abraço" do José Luís Peixoto
Alguém já leu? Qual é que aconselham?

No entanto, um dos últimos que li e gostei imenso foi o "Bom Inverno" do João Tordo, pelo que estou tentado a ler mais livros dele. Algum que aconselhem?

Por último, tenho imensa curiosidade para ler "(Ir)realidades" da Araci Almeida cuja autora é uma leitora deste blogue :)


18 comentários :

  1. O Homem de São Petersburgo de Ken Follet vale a pena ler : )

    ResponderEliminar
  2. Passei apenas para deixar os VOTOS de um excelente ano de 2013 :)
    venham as alegrias e os sucessos sempre bem acompanhados de saude e vá...algum tostaozinho
    beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Olá, não posso deixar de sugerir o Abraço. Para além de ele escrever muito bem, são crónicas, às vezes tão pequenas que, se te aborreceres, podes passar à frente sem problemas.

    Já em relação ao João Tordo, apesar de não achar nada de especial, O 3 Vidas é um livro bem construído, talvez gostes. Também li o Hotel Memória, que é um bom entretenimento..

    ResponderEliminar
  4. Qualquer livro do Agualusa é sempre uma excelente opção :)

    ResponderEliminar
  5. Bem MS, com esta agora é que eu não contava. NÃO CONTAVA MESMO. Acho que ainda não estou muito bem em mim com a publicidade que me acabaste de fazer. A sério,não nos conhecemos pessoalmente porque senão eu era bem capaz de te dar um abraço gigante. Obrigada por teres falado do meu livrinho aqui no teu espaço, foi uma óptima surpresa com a qual não contava mesmo. Muito obrigada e muitos abracinhos virtuais e boas entradas no novo ano que aí vem :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredita que foi uma boa publicidade, porque eu não conhecia e já fiquei curiosa ;)

      pippacoco.blogspot.pt

      Eliminar
    2. ^^ obrigada Pippa Coco, o MS fez-me de facto uma óptima surpresa...se quiseres saber mais sobre o meu livro é só passar pelo meu espaçozinho :) www.sapato42.blog.pt beijinhos e umas boas entradas para ti e para todos os leitores do blog do MS :)

      Eliminar
  6. Li o Abraço do José Luís Peixoto! Gostei, mas esperava mais, muito mais! Sobrtudo dele!

    ResponderEliminar
  7. Não li nenhum dos livros.
    Votos de 1 excelente 2013 e de excelentes leituras.

    ResponderEliminar
  8. Gostas de ler? Queres juntar-te ao goodreads?http://www.goodreads.com/review/list/15850971?format=html&page=2?
    Carmo

    ResponderEliminar
  9. Lia muito nos anos oitenta! Me marcou demais O Retrato de Dorian Gray - Oscar Wilde > Claro que vc já leu!!

    ResponderEliminar
  10. Um reparo: quem aprecia a leitura, não deixa livros a meio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Regina, na vida nem sempre tudo é assim tão linear quanto possa parecer... :)

      Eliminar
    2. eu já deixei mesmo muitos livros a meio...a leitura é um prazer, e alguns livros parecem ser uma obrigação, alguns são chatos mesmo e não acho que se deva ler por obrigação sem que esta nos seja de facto imposta.A leitura tem de dar prazer, tem de nos comover, tem de nos tocar por alguma semelhança que possamos encontrar na leitura com algumas coisas da nossa personalidade ou algo que está a acontecer nas nossas vidas... como disse o MS, nem sempre tudo é assim tão linear.. :)

      Eliminar
  11. Bom dia,
    Um reparo ao comentário da Sra. Regina Machado: quem aprecia leitura deixa seguramente muitos livros a meio. Isto porque actualmente é impressionante a quantidade de literatura mediocre que por aí se impinge. (se é que se pode categorizar de literatura... enfim).
    De todos os que mencionou o único que li foi o "Abraço" do José Luís Peixoto que, por acaso, ficou a pouco mais de meio. Não porque seja mau. SImplesmente porque é uma colectânea de crónicas já publicadas em outros suportes, e como já li a maioria aborreceu-me.
    Aconselho uma leitura, na minha muito humilde opinião, portentosa: Henry David Thoureau "Walden ou a vida nos bosques" é um verdeiro ensinamento de vida. Uma leitura bastante filosófica e cada vez mais me convenço de que o deveria ter lido há 10 anos atrás, mas nunca é tarde para se aprender qualquer coisa. É a leitura perfeita para começar o ano.

    ResponderEliminar
  12. Ahhhh então calma! Quando se começa a ler um livro mau, compreendo quem abandone a leitura. Mas... Se o livro é mau, nota-se nos primeiros parágrafos, não a meio. A mim tal nunca me aconteceu, porque normalmente não me oferecem livros, eu compro-os. Evita-se bem o abandono da leitura optando por seleccionar bem o que se lê.

    ResponderEliminar
  13. Um aparte: apreciei o facto de alguém que lê Thoreau se dirigir a mim.

    Cumprimentos, IM.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...