sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Acerca da mulher perfeita

Pelos comentários que li de alguns de vocês no post anterior, acho que talvez tenha transmitido uma ideia errada.
Eu não quero uma mulher perfeita porque eu também não sou perfeito. Além disso, não existe a mulher perfeita (e se existisse provavelmente seria uma seca). 
Ao longo da minha vida, já tive várias paixões, já amei mais de uma mulher e nenhuma delas era perfeita.  No entanto, amei-as, não apenas pelas suas qualidades mas também pelos seus defeitos, dos quais tinha perfeita noção mas amei-as sobretudo por aquilo que eram no seu todo e (felizmente) posso dizer  que fui muito feliz!
A questão não está portanto na perfeição porque não existe a pessoa perfeita, todos nós temos os nossos defeitos, apenas temos de saber se conseguimos lidar com eles e mesmo assim continuarmos a amar essa pessoa e sermos felizes ao seu lado.

Simplesmente existem determinados "factos", sem os quais eu sei que não me vou apaixonar. Factos esses que referi no post anterior e que passam por ter de me sentir fisicamente atraído pela outra pessoa e cujos princípios, valores, modo de estar na vida tenham a ver comigo de modo a que consiga imaginar-me a viver ao lado dela. Mas penso que seja assim com a maior parte de todos nós, ou alguém seria capaz de querer passar o resto da sua vida ao lado de uma pessoa pela qual não se sinta minimamente atraído e cujos os princípios e valores não tenham a ver consigo? Eu, pelo menos não.

A verdadeira questão está mesmo em encontrarmos alguém por quem sejamos capazes de nos apaixonar e que ao mesmo tempo esteja disponível e sinta o mesmo por nós. 

15 comentários :

  1. Em relação ao último parágrafo: Não sei se não será mais fácil o euromilhões...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É tudo uma questão de timing e sorte conforme referia no post anterior.
      Mas é mais provável do que ganhar o euromilhões porque já me aconteceu mais de uma vez e ganhar o euromilhões (infelizmente) não... ;)

      Eliminar
  2. Começo a achar que encontrar alguém "assim" é uma utopia :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é não... Já me aconteceu. É uma questão de sorte e de as forças do universo estarem alinhadas! ;)

      Eliminar
  3. Difícil mas não impossível!

    Não sei que idade tens, mas acredito que não sejas muito mais velho que eu. Percebi e percebo que não procuras, apenas desejas no interior de ti encontrar alguém que tenha os mesmos valores pelos quais reges a tua vida. Neste momento infelizmente, os relacionamentos transformaram-se em algo plastificado, em algo que se usa e deita fora. Não existe mais aquela disposição para estar com o outro nos bons e maus momentos da vida. 

    Muitos e muitas que acreditam num relacionamento como manda a lei são magoados rejeitando a ideia de envolvimento com outra pessoa. Escolhem ficar sozinhos, escolhem que a vida e o tempo se encarregue de trazer a pessoa certo.

    Sim, MS, existe a pessoa certa para cada um de nós e ela surge de onde menos se espera, em quem menos se espera e nem sempre os atributos físicos são os mais importantes!

    Ando a ouvir uma música que tenho todo o gosto em partilhar contigo, mantém a tua caminhada cruzado e serás feliz!


    http://www.youtube.com/watch?v=iYHoymiB0IE

    ResponderEliminar
  4. Se acreditares, é possível!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Acho que toda a gente quer alguém que corresponda aos seus padrões. Eu quero, quero alguém que ao olhar para essa pessoa sorria e pense como é bela, quero alguém que tenha ideias compatíveis com os meus... sinceramente não me vejo ao lado de ninguém que não seja assim. Nós não escolhemos quem amamos, mas mas o amor é gostar, e se não gostarmos de muita coisa numa pessoa ao ponto de ser incompatível nunca a iremos amar...
    Eu concordo com tudo o que disseste :)

    ResponderEliminar
  6. A questão é mesmo essa. Encontrar essa pessoa imperfeita mas perfeita para ti :)
    Boa sorte
    Abraço

    ResponderEliminar
  7. Mais dificil do que encontrar é manter...

    ResponderEliminar
  8. Percebi desde o início a sua ideia. Apesar de sabermos que as idealizações são apenas isso: idealizações. Enquanto o Universo não alinha as energias precisamos de fantasiar para mantermos a Fé, e principalmente a sanidade. Há medida que o tempo passa as experiências passadas acrescentam-nos informação e é essa informação que nos leva a idealizar.

    Não perca o seu Acreditar, não pense demasiado e não queira demasiado, pois algumas vezes esses quereres levam-nos a descuidar o óbvio.

    Sempre senti que mais do que todas as qualidades, defeitos, paixão e desejo, o Amor reside na Admiração pelo outro, o sentirmo-nos incapazes e "pequeninos" junto a esse ser ... mas esta é apenas a minha visão :)

    ResponderEliminar
  9. Eu concordo contigo. E percebo perfeitamente o que dizes.

    ResponderEliminar
  10. A imperfeição de uns é a perfeição de outros. É tudo uma questão de se saber o que se quer.

    ResponderEliminar
  11. Uma grande verdade.
    A perfeição não existe, mas existem valores básicos que cada um de nós não pode abdicar.
    vidademulheraos40.blogspot.com.

    ResponderEliminar
  12. Concordo com a verdadeira questão. Como se costuma dizer, quando um não quer dois não dançam!

    MC

    ResponderEliminar
  13. Tenho de concordar com tudo o que dizes, menos com a atracção física. Para a paixão tem de haver atracção física para o amor não. O amor vem do convívio, do começares a sair com alguém, a conheceres o seu mundo, as suas pequenas coisas. Mesmo que seja uma pessoa que fisicamente não corresponda aos teus ideais, se o resto estiver lá não é isso que impede.
    Na paixão não há amor, há encantamento, pelo aspecto físico, pela forma de estar, mas depois acaba porque lhe falta o "sumo".

    PS Não ligues a pessoas parvas que aqui escrevem, responder-lhes é dar-lhes mais importância do que aquela que têm ;)

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...